Indústria de Grão, Coamo Agroindustrial Cooperativa

Dourados - Mato Grosso do Sul - Brasil

A MC possui em seu DNA, desde sua fundação, o ato de cuidar. Nos atentamos em cada detalhe e nas necessidades de cada cliente, oferecendo sempre a solução mais adequada, pois sabemos que construir é coisa séria.

Os pisos das novas unidades industriais estavam sujeitos a diversos agentes agressivos, especialmente a unidade responsável pelo envasamento de óleo, que demandavam muita proteção.
Os pisos das novas unidades industriais estavam sujeitos a diversos agentes agressivos, especialmente a unidade responsável pelo envasamento de óleo, que demandavam muita proteção.
© MC-Bauchemie 2020


Com a Coamo Agroindustrial Cooperativa, uma das maiores empresas do setor agronegócios do Brasil, com 50 anos de história, não foi diferente. Parceira da MC há mais de 9 anos, a indústria especializada em grãos iniciou, ainda em 2019, com diversas soluções aplicadas da MC, a operação de seu mais novo complexo industrial de óleo e refinaria de óleo de soja, construídas na margem da BR-163, entre Dourados e Caarapó, no Mato Grosso do Sul.

 

“Estas indústrias permitirão expandir a presença da Coamo no mercado brasileiro com óleo refinado, nos Estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul com farelo de soja e também ampliar a nossa participação no mercado europeu com farelo de soja” afirma o engenheiro agrônomo José Aroldo Gallassini, idealizador e diretor-presidente da Coamo.

 

A MC foi fundamental neste projeto, fornecendo diversas soluções com tecnologia de ponta de seu portfólio, como o Xypex, um cristalizante para impermeabilização utilizado em todas as composições de túneis e poços enterrados do complexo, proporcionando mais vida útil a essas estruturas.

 

Outra solução da MC que merece destaque, bastante utilizada durante as obras, é o MC-RIM, um revestimento mineral de alta resistência à sulfatos e reforçado com fibras, responsável por proteger e impermeabilizar as Estações de Tratamento de Esgoto das novas unidades industriais do grupo Coamo. Essas estruturas estão em constante contato com agentes químicos e, sem a proteção adequada, o concreto sofre grandes deteriorações.

 

E ao falar de proteção, principalmente quando o assunto é piso industrial, deve-se sempre ter cuidados extras, visando evitar, de todas maneiras, qualquer parada técnica futura.

 

Os pisos das novas unidades industriais estavam sujeitos a diversos agentes agressivos, especialmente a unidade responsável pelo envasamento de óleo, que demandavam muita proteção. Por isso a MC optou por usar sua resina epóxi flexível MC-DUR 1252, que além de dar ao substrato toda a resistência mecânica, química e à abrasão necessária, também é possui baixíssimo grau de amarelecimento. Já para as áreas de transporte, com alto tráfego de máquinas e pessoas, foi usado o MC-DUR 1322, com muitas características semelhantes a resina MC-DUR 1252, mas aplicado em forma de pintura.

 

Também foram utilizados os impermeabilizantes MC-Proof 500, uma argamassa polimérica flexível, nos banheiros e o MC-Proof 100, uma argamassa polimérica rígida para todas as vigas baldrames do complexo. Além disso, áreas que necessitavam de alguma recuperação estrutural, contaram com o Nafufill CR (antigo Zentrifix CR), uma argamassa de reparo com agente adesivo e inibidor de corrosão integrados.

 

A nova planta industrial do grupo Coamo Agroindustrial Cooperativa teve investimento de mais de R$ 780 milhões, e possui capacidade para processamento de 3.000 toneladas/dia de soja, produção de farelo de soja e uma refinaria para 720 toneladas/dia de óleo de soja, equivalente a 15 milhões de sacas.

abs 123 abs 123 abs 123 abs 123 abs 123 abs 123 abs 123