MC-Bauchemie

MC apresenta linha de argamassas cosméticas que uniformizam e recuperam estruturas

17/10/2016

A linha de argamassas cosméticas da MC, com os produtos MC-Quicktop e MC-Powertop, está conquistando o mercado brasileiro. Com expertise no desenvolvimento de argamassas, percebemos, há algum tempo, uma movimentação importante em relação à estética dos elementos em concreto.

 

“Cada vez mais vemos projetos em concreto aparente, no qual tudo é pensado para deixar a estrutura o mais ‘natural’ possível e próxima da sua verdadeira essência. Para alcançar este objetivo, são utilizados traços de concreto mais cuidadosos, fôrmas e desmoldantes apropriados e de qualidade, sem esquecer o acabamento estético final”, conta Holger Schmidt, gerente de produto da MC-Bauchemie.

 

Ela explica que as argamassas MC-Quicktop foram pensadas com o propósito, de regularizar superfícies, diminuir a porosidade do concreto e uniformizar a tonalidade das construções. Este produto está disponível em quatro tonalidades diferentes.

 

Já o sistema MC-Powertop, é constituído por argamassas de enchimento, que permitem recuperar cantos quebrados e cavidades ou vazios presentes nas estruturas, desde que não sejam necessárias resistências finais elevadas. “As argamassas finas deste sistema estão também disponíveis em quatro tonalidades com uma granulometria muito fina, o que permite um acabamento suave, uniforme e diferenciado, para desafios mais exigentes do ponto de vista estético”, complementa Holger.

 

O grande difencial da linha de argamassas cosméticas da MC em relação às argamassas produzidas em obra por meio da mistura de diferentes tipos de cimento e água, com ou sem areia e aditivos acrílicos, é que as soluções da MC garantem uma uniformidade na tonalidade e nas características mecânicas do produto.

 

“As nossas argamassas destacam-se, acima de tudo, pela versatilidade e facilidade na aplicação, sendo que os nossos clientes apreciam o acabamento fino e diferenciado que os nossos produtos proporcionam, além da criatividade, pois as argamassas mais finas podem ser misturadas em diferentes proporções para obter tons específicos de cinza”, finaliza a engenheira.

 

MC apresenta linha de argamassas cosméticas que uniformizam e recuperam estruturas
© MC-Bauchemie 2020
abs 123 abs 123 abs 123 abs 123 abs 123 abs 123 abs 123