Selamento de fissuras: os melhores materiais da MC para esse procedimento

Apr 27, 2020

 TBM no emboque do túnel Albvorland

Embora as fissuras sejam inevitáveis, há maneiras de tratá-las e garantir maior segurança e durabilidade para a obra. Apesar de nem sempre representarem um problema sério, elas podem causar transtornos à utilização da estrutura. Assim, o tratamento e o selamento de fissuras, feito com materiais de qualidade, pode ser muito importante.

 

Hoje, falaremos sobre os melhores métodos e produtos para realizar esse procedimento. Confira!

Por que realizar o selamento de fissuras é importante?

Há diversos motivos para o aparecimento de fissuras nas estruturas de concreto. Entre eles estão: retração do concreto, esforços diretos na estrutura, altas variações térmicas, recalques diferenciais de fundação e, para estruturas mais antigas e sem uma proteção adequada, por ataque químico, quando a armadura entra em processo de corrosão podendo gerar tensões internas no concreto.

 

Como falamos acima, nem sempre o aparecimento destas aberturas significa um problema sério. Dependendo da abertura delas elas não representam riscos significativos de durabilidade para estrutura e até por isso a norma de execução de estruturas de concreto (NBR 6118) já permite certos limites de fissuramento dependendo da agressividade do ambiente, Mas, em alguns casos, as fissuras permitem a passagem de água para o interior de ambientes como subsolos, poços e galerias, prejudicando o uso do local e precisam ser tratadas

 

Além disso, também existem as fissuras estruturais, que interferem no funcionamento de elementos como vigas, pilares e lajes. Em todos os cenários, o selamento de fissuras é essencial para assegurar que não hajam mais complicações. 

Quais são os melhores métodos para realizar o selamento de fissuras?

O método mais utilizado para selamento de fissuras é o de injeção. Os sistemas de injeção de resinas permitem preencher as fissuras de uma maneira rápida, efetiva e duradoura e, por isso, são os mais indicados para esses casos. 

 

No entanto, também ressaltamos a importância de saber a causa da fissura. É preciso estudar com atenção todas as características dela, como abertura, movimentação e condição de umidade. 

 

Com o diagnóstico correto, a definição do tipo de material a ser injetado, assim como o procedimento de perfuração, execução e estimativa de consumo de produtos são mais assertivos.

Quais são os materiais da MC recomendados para o selamento de fissuras? 

A MC possui três linhas de produtos, com finalidades diferentes, para injeção e selamento de fissuras em estruturas de concreto (e algumas outras finalidades). São eles: 

  • Injeção para selamento (MC-Injekt 2033, MC-Injekt 2133 e MC Injekt 2300 NV): quando temos a finalidade de selar uma fissura, ou seja, bloquear a passagem de água e outros agentes, a melhor opção é a injeção com resinas flexíveis de poliuretano. Elas são impermeáveis, elásticas e têm alta aderência, permitindo bloquear a passagem de água através das fissuras, além de permitir que a estrutura continue se movimentando.

  • Injeção estrutural (MC-Injekt 2700 e MC-Injekt 1264 Compact): quando a fissura representa um problema estrutural, a solução é a injeção de durômeros, que são resinas com alta capacidade de transmissão de carga e alta resistência à tração e compressão. Neste caso, os materiais utilizados com esta características são os durômeros epóxis ou de poliuretano, dependendo das condições de umidade e características da fissura.

  • Injeção para impermeabilização por área (MC-Injekt GL TX): em algumas situações, quando a fissura ou alguma junta permite a passagem de água e prejudica o uso do local, há uma opção de injeção em que não se injeta propriamente na fissura, mas sim por trás dela. A finalidade é formar uma membrana impermeável atrás da estrutura. Neste caso utilizamos um gel acrílico hidro estrutural.

  • Tratamento convencional com drypack (Xypex Concentrado, Xypex Patch’n Plug e Nafufill CR): uma outra alternativa para o preenchimento de fissuras, desconsiderando os sistemas de injeção, é aplicando argamassas estruturais. Para isso, é necessário abrir uma canaleta linear ao longo da fissura com rompedores e discos de corte, para que na sequência estas canaletas possam ser preenchidas utilizando uma argamassa seca. O método é bastante comum em obras com menor pressão de água e para estruturas com baixa movimentação.

A MC está aqui para ajudar!

Destacamos novamente que as fissuras são sempre pontos potenciais para percolação de água e agentes químicos para dentro do concreto. Por isso, quando o selamento de fissuras é feito, é fundamental que os produtos utilizados sejam duradouros, com características específicas para protegerem de maneira permanente a estrutura.

 

Toda a linha de resinas de injeção da MC-Bauchemie é testada e aprovada perante a norma europeia EN 1504 - Parte 5, certificando o desempenho do material em relação à estanqueidade, retração, aderência, propriedades mecânicas e durabilidade. 

 

Também estamos sempre disponíveis para esclarecer dúvidas por meio de nosso suporte. Entre em contato com a nossa equipe! 

 

abs 123 abs 123 abs 123 abs 123 abs 123 abs 123 abs 123